INÍCIO INSTITUCIONAL ROSSYR BERNY DÚVIDAS FREQUENTES CONTATO
   início
 
 
WhatsApp: 51-985.353.970 - Oi
51-985.370.000 - Oi
51-998.237.038 - Tim
51-996.690.908 - Vivo
51-991.033.566 - Claro
 
 
 
 
Autores
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Selmar Carbajal
Selmar Florilan Carbajal Borges, nasceu em São Gabriel/RS em 07 de março de 1965. Formou-se em Educação Física pela Universidade da Região da Campanha (URCAMP).Policial Militar da Reserva da Brigada Militar; hoje servidor público municipal de São Gabriel/RS na Secretaria Municipal de Educação.
Sérgio Clos
Sheila Schildt
Sheila Schildt é Psicóloga, atuando na área da Assistência Social em Porto Alegre/RS, escrevendo nas horas vagas. Contribui como resenhista no blog Dear Book. Apesar de alguns dos seus contos já terem sido publicados em antologias, este é seu primeiro livro.
Silene Montenegro Barbosa
Silene Maria de Oliveira Montenegro Barbosa, natural de Porto Alegre, nasceu em 5 de fevereiro de 1953. Primeira filha de Sileno Montenegro Barbosa e Elyda de Oliveira Montenegro Barbosa, tem mais quatro irmãos, Eliane, Licia, Rejane e Régis. A família teve sua origem em Dores de Camaquã que, em tempos idos, foi sede do município de Tapes, hoje Sentinela do Sul, onde nasceram seus avós, pai e tios. Alguns membros da família permanecem em Tapes, lugar com o qual a autora mantém um grande vínculo. Em virtude da profissão do pai – Juiz do Trabalho – nos sete primeiros anos de vida da autora, a família teve residência em três cidades do interior: Santa Maria, Livramento e Novo Hamburgo. Desde então residiu em Porto Alegre na rua Lopo Gonçalves, onde passou a infância e a adolescên-cia, de onde saiu aos 22 anos. Neste período estudou nos colégios Mãe Admirável e PIO XII. Casou-se em 1977, teve uma filha, Milena, nascida em 8 de novembro de 1981. Divorciou-se em 1989. Formou-se em Direito no ano de 1977 na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS, mas não chegou a exercer a profissão, pois foi admitida no Tribunal de Alçada (extinto e incorporado ao Tribunal de Justiça) como assessora do juiz Wilson Chagas, falecido. Posteriormente prestou concurso para esse Tribunal, onde permaneceu por 31 anos, aposentando-se em 2007.
Viaja frequentemente para os Estados Unidos em visita a sua filha, genro e netinha Julia, onde residem há seis anos.
Cultiva o hábito da leitura, de assistir bons filmes, encontrar a família e amigos, além da poesia que, desde cedo, faz parte de sua vida.
Silvia Caminha
Silvia Maria Sacco Caminha nasceu em Porto Alegre, no bairro Higienópolis, em 02/04/48. É de descendência ítalo/portuguesa, com sobrenome de mãe (Sacco) e de pai (Caminha), fortes historicamente, mas, no cotidiano, trazem embaraços, muitas vezes, causando risos da composição dos dois. Criada com irmãos homens, aprendendo cedo as traquinagens dos meninos, somadas à sua maneira moleca de ser. A afinidade com as crianças acompanhou sua vida, criando momentos maravilhosos de convivência, vindo daí a vontade de escrever, aproximando-a cada vez mais desses anjos materializados.
Silvia Caminha
Silvia Maria Sacco Caminha nasceu em Porto Alegre, no bairro Higienópolis, em 02/04/48. É de descendência ítalo/portuguesa, com sobrenome de mãe (Sacco) e de pai (Caminha), fortes historicamente, mas, no cotidiano, trazem embaraços, muitas vezes, causando risos da composição dos dois. Criada com irmãos homens, aprendendo cedo as traquinagens dos meninos, somadas à sua maneira moleca de ser. A afinidade com as crianças acompanhou sua vida, criando momentos maravilhosos de convivência, vindo daí a vontade de escrever, aproximando-a cada vez mais desses anjos materializados.
Sílvio Melo
Sílvio Melo, músico, compositor e Aviador, começou na carreira aviatória como professor titular de Navegação Aérea e adjunto em Aerodinâmica e Meteorologia na EAPAC (Escola de Aperfeiçoamento e Preparação da Aeronáutica Civil), no Rio de Janeiro, no ano de 1970. Atuou como piloto executivo e posterior-mente como piloto de linha para Rio-Sul Serviços Aéreos/Varig S/A. O tempo de exercício na profissão atingiu a marca de quarenta anos de trabalho e milhares de horas de voo sobre as Américas do Sul e Norte, Europa Ocidental e África. Dessas experiências brotou a vontade de escrever sobre a ciência da navegação e as grandes travessias. Tendo sido a literatura uma constante em viagens e estudos, o tema escolhido como eixo foi o das navegações e grandes travessias através dos tempos. Os piratas foram os perso-nagens escolhidos em razão de terem sido eles também grandes navega-dores, além de figuras clássicas do universo literário infantil e adulto.
Simone Bilhalva
Simone Bilhalva, jornalista e fotógrafa gaúcha é holística de cores e imagens por escolha, dedicação, estudo e paixão pelas possibilidades infinitas da maior e mais intensa pós graduação possível - o mundo- além de ser certificada em jornalismo, letras, linguagem publicitária, cinema, intercultura, imagem e marketing pelas Universidades de Franche Conté – Besançon/ França, UfPel e UcPel / RS, ESPM- Sul / Escola Superior de Propaganda e Marketing, UNL - Nova de Lisboa / Portugal. souluzsoucor.com.br
Solange Rodrigues
Solange Rodrigues é artista plástica autodidata. Manifesta sua arte em obras diversas, não se detendo em um tema específico ou seguindo regras. Utiliza técnicas muitas vezes fora do convencional, talvez por não haver estudado formalmente arte nem pintura. Atua em diferentes áreas, extravasando sua imaginação também na criação de moda e agora, atrevendo-se a escrever. Entre suas obras plásticas destacam-se: a série Orixás; o Altar da Capela Nossa Senhora dos Navegantes; na Praia de Rondinha Nova - Município de Arroio do Sal; ilustrações no livro Benzedeiras e Benzeduras, de Elma Santana e Delizabete Seggiaro, além do mural em homenagem ao Negrinho do Pastoreio, pintado na divisa de sua residência, medindo 14,50 m x 4,50m, o qual se tornou um Santuário ao Negrinho, onde seus devotos fazem pedidos e agradecem as graças alcançadas e recebidas.
Sonia Cerato
Sonia Marli da Rosa Ferreira
Sonia Marli da Rosa Ferreira nasceu em Alegrete-RS, e aniversaria em 12 de julho. Com um ano e meio de idade foi morar em Sant'Ana do Livramento-RS, onde estudou em várias escolas. Trabalhou como Funcionária Pública Federal e formou-se em Turismo pela PUC-RS. Atualmente, reside em Porto Alegre-RS. É autora dos livros de poemas: Paixão, Idas e Vindas e dos livros infantis: Luizinho e o Tesouro, e O Gatinho Sofio. Participa ativamente de feiras de livros, como as de Porto Alegre, desde 2007, e também de Viamão, Arroio do Sal, São Gabriel, entre outras. Em 2011, participou da coletânea Escritos IV. Convidada pela Alcance, fez parte do grupo de autores que lançou vários livros na Bienal de São Paulo/2012, uma experiência gratificante para todos os escritores. E já se prepara para apresentar a obra, em novembro, na próxima Feira de Porto Alegre, e na Bienal do Livro, no Rio de Janeiro, no próximo ano. Quando o sol se põe é seu primeiro livro de contos. Pretende investir mais tempo na escrita de livros desse gênero.
Soninha Porto
Sônia Maria Ferraresi, da Missoneira Cruz Alta/RS, nasceu em dois de março de 1953. Mora em Porto Alegre. Formou-se Relações Públicas na PUC/RS (1979) e trabalhou na Caixa Federal (1977/1998). Seus amores são seus filhos: Francisco, Guilherme e Luiz Felipe. Criou o pseudônimo Soninha Porto, com o qual divulga a sua poesia e de artistas e poetas brasileiros, como antologista, poeta, ativista cultural, colunista de Blogs e Sites e apresentadora do programa Arte da Gente, na Rádio Web DaGente, pela internet. Está em diversas antologias brasileiras, é Consulesa dos Poetas Del Mundo, Divulgadora do Proyecto Cultural Sur Brasil (ambos por Porto Alegre), Acadêmica-Correspondente da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo/RJ e do Momento Litero Cultural/RO em página impressa. Promove a Poemas à Flor da Pele, criada em 29 de abril de 2006, divisor de águas em sua vida poética, já registrada, com artistas, poetas e escritores, onde realizam concursos, festivais de criação e livros virtuais. Agita o meio literário, com as famosas antologias da Poemas, lançadas no Congresso Brasileiro de Poesia em Bento Gonçalves (convênio 2008/2009 com o PCSur Brasil). Esta nova Associação já realizou eventos em sete cidades brasileiras: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo e Vitória (2008/2009). O doEU é mais um sonho que se realiza na vida de Soninha Porto.
Stella Vives
Stella Vives, gaúcha de Porto Alegre, escreve poemas desde a infância. Dedica-se às artes, valsando entre a poesia, pintura, dança e teatro. Tem a maioria de seus trabalhos publicados na Internet em vários blogs e sites como: Overmundo, Recanto das Letras, Mural dos Escritores, entre outros. Participou de várias antologias. Em seu blog Planeta Emoção (www.planetaemocao.blogspot.com), tem divulgado seu trabalho e sua vida artística, pois é estudiosa da poetisa portuguesa Florbela Espanca, da qual realiza a performance em teatro-poesia por todo o país. Esse é seu primeiro livro solo e revela seu universo feminino com a emoção e a delicadeza de ser mulher e poeta.
Suzana Saldanha e Elma Sant'Ana
Pois não é que, depois de 30 anos morando no Rio de Janeiro volto para minha terra natal e sou agraciada com "prendas". Depois de bem instalada no bairro Centro Histórico, quebro o metatarso! Uau! É nessa hora que você realmente testa o seu humor. Como sempre vi a vida com lente de aumento, logo pensei - Vamos que vamos. Pé pra cima, muita risadagem, lembranças de um tempo que passou, minha "amiga de infância" Elma Sant'Ana vem me visitar com sua alegria constante. É interessante como você vê, ouve determinada coisa na hora certa. Escuto atentamente minha amiga, que com uma graça apaixonada está falando de Ana Maria de Jesus Ribeiro, nada mais do que da heroína dos dois mundos - Anita Garibaldi. Lembro do livro que ganhei do amigo diretor de teatro Antônio Gilberto "Anita Garibaldi - A mulher do general", escrito pela bisneta de Anita. Peço mais material para Elma, que prontamente põe seu acervo garibaldino à disposição. Pimba! Mal comecei a pesquisa e já estava completamente apaixonada por Anita - não pela mulher do general, mas pela mulher que desde muito pequena, com todas as adversidades tinha uma visão, um olho periférico para tudo o que a vida lhe apresentava e, transformava tudo em ação. Com certeza é por isso que sabiamente o italiano Giuseppe, já no primeiro encontro disse rapidamente: – Anita, tu essere mia! Obrigada Elma, muito obrigada! 'Bora, montar "Meu Nome é Anita"? Quem quer produzir? Quem se habilita? Suzana Saldanha ----------------------------------- Não sou exatamente uma historiadora, mas os anos de sucessivos cursos universitários me treinaram em pesquisas. As Ciências Sociais me levaram ao povo simples da nossa terra, sua cultura, suas tradições. E como é fácil, em termos de Ciência Social, passar do Folclore à História, os métodos de pesquisa de uma ciência emprestando, momentaneamente, seus méritos à outra. Fascinada pela presença da mulher no Folclore do Rio Grande do Sul, realizei pesquisas que resultaram em livro com sucessivas edições. Isso me levou à busca da presença da mulher nos grandes movimentos guerreiros do nosso Estado. Assim, é claro, cheguei à figura da catarinense ANITA GARIBALDI, a quem comecei a estudar, fascinada pela sua história de vida, que, rompendo preconceitos e estigmas, não se furtou em lutar por um ideal de justiça. Que, ombreando com os gaúchos – lutara lado a lado com os homens na Revolução Farroupilha. É reverenciada no Brasil e na Itália e merece a fama que tem. Seu nome integra o Panteão da Pátria e da Liberdade, em Brasília, no Livro dos Heróis da Pátria, desde 30 de abril de 2012. ANITA saiu da História para dar nome a ruas, praças, escolas, museus, centro de tradições, piquetes de cavalaria, monumentos. Poesia, cinema, pintura, teatro (com certeza muitas 'anitas' já foram para os palcos – monólogos ou não), se inspiram na figura de Anita. Minha parceria na vida com Suzana Saldanha chegou agora e na hora certa. Suzana tem UM OLHAR DIFERENCIADO sobre a temática: é crítica, investigativa e lança desafios para historiadores e pesquisadores – e isto me encanta. O meu texto – teórico e prático para professores e alunos – coloca numa LINHA DO TEMPO, a história da mulher ANITA, uma pequena mulher brasileira, sem mais preparo que aquele alcançado na própria luta. Esperamos que se deliciem com “MEU NOME É ANITA”. Ele foi feito com muito trabalho e amor. Boa leitura! Elma Sant’Ana
 
 
 

 
Editora Alcance LTDA Fones         Facebook
Rua Bororó, 5 - Vila Assunção Claro: (51) 99103 - 3566 Flickr
Porto Alegre - RS OI: (51) 98537-0000 Formspring me
CEP: 91900-540 Tim: (51) 98233-7038 Nova rede social em breve
E-mail: rossyr@editoraalcance.com.br Vivo: (51) 99669-0908 Twitter
  (51) 98535-3970 whatsapp You Tube
     
Área Restrita    E-mail Suporte T.I Alcance