INÍCIO INSTITUCIONAL ROSSYR BERNY DÚVIDAS FREQUENTES CONTATO
   início
 
 
WhatsApp: 51-985.353.970 - Oi
51-985.370.000 - Oi
51-998.237.038 - Tim
51-996.690.908 - Vivo
51-991.033.566 - Claro
 
 
 
 
Autores
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Rafael Prado Lopez Miguelez
Rafael Prado Lopez Miguelez, músico, compositor e escritor, nasceu em 1980 em Santo André, no ABC paulista. Mas gaúcho desde a primeira infância, sempre mostrou aptidão para as letras e a criatividade. Aos 16 anos, estudante de teatro na cidade de Viamão, escreveu e estrelou a peça infantil Um Conto de Natal. No mesmo ano escreveu a peça O Monte Castelo.

O teatro, uma breve paixão para aperfeiçoamento da própria escrita, deu lugar à música. A música, no sangue da família, nunca o largou... Assim como a paixão por criar universos épicos e tangíveis. A criação de seus textos foi embalada nesse sonho até o dia em que a realidade tocou-o com intensidade.

Buscando novos ares decidiu em 2007 embarcar na aventura de sua própria vida e foi encontrar em Barcelona, terra de seu pai, a motivação para recriar a própria história e a história de seus próprios personagens. Neste berço nasceu o Relatório 38 - O Caso do Martelo de Prata. Um ensaio para um voo maior. De volta ao Brasil, vive atualmente em Gramado/RS, onde põe sua criatividade a navegar em mares inquietos para deleite de seus leitores.





Relatório 38 – O Caso do Martelo de Prata



Histórias de crimes, mistérios e os caminhos investigativos para se chegar à solução dos casos sempre encantaram a humanidade. Édipo já seria um investigador primordial para sua própria tragédia e as catarses dos povos. Séculos depois podemos nos encantar e assustar com as sombras de Edgar Allan Poe, o maior mestre dos contos sombrios que enveredou nestes mares turbulentos com saga-cidade sendo precursor de enredos de misteriosos assassinatos e a perspicácia de detetives para resolverem a causa. E daí seguem-se uma estirpe que passa por Raymond Chandler, Dashiell Hammett, Agatha Christie...

E o músico e escritor Rafael Miguelez com coragem e desenvoltura entra neste universo de sombras e crimes misteriosos em seu Relatório 38 – O Caso do Martelo de Prata. Com uma linguagem límpida ele vai guiando o leitor por um assassinato a ser desvendado por páginas que revelam referências a músicas dos Beatles, Kurt Cobain, Elizabeth Taylor, cultura pop, Poe, em uma Barcelona sempre atraente.

Boas e minuciosas descrições dos ambientes e caracterizações das personagens marcam a história curta que vai ganhando o leitor a cada página. E ao final esperamos as descobertas de novos mistérios que estão por vir da verve literária de Rafael Miguelez, seja em Barça ou qualquer outra cidade ou recanto escondido do mundo em suas intrigantes peculiaridades humanas.



Os Editores

Raimundo Fontenele
Raimundo Fontenele, 63 anos, natural de Pedreiras, Maranhão, casado com Cleide, é pai do Frederico, da Nádia e da Jacira. Ex-seminarista, ex-hippie, ex-militante estudantil, ex-funcionário público, Raimundo Fontenele é essencialmente escritor e poeta, e é só o que faz atualmente. Em São Luís do Maranhão, no início dos anos setenta, juntamente com outros poetas locais, fundou o Movimento Antroponáutica, responsável pela renovação da poesia maranhense. Prêmio APESUL / Correio do Povo em setembro de 1982 e menção honrosa no Concurso de Poesia Mário Quintana/1987. Colaborador de várias revistas e jornais literários, publicou, entre poesia e prosa, cerca de 15 livros entre os quais destacam-se: Chegada Temporal, Pelos Caminhos Pelos Cabelos, De Cara Suja, A Colheita do Mundo, Presença, Venenos e Marginais.
Ramon Lisboa
O autor é Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal de Santa Maria, Mestre em Direito da Integração pela Universidade Federal de Santa Maria (MILA-UFSM). Atualmente exerce atribuições como Procurador da Fazenda Nacional em Porto Alegre, Chefe Substituto da Divisão de Grandes Devedores da 4ª Região da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, tendo exercido o cargo de Procurador Seccional da Fazenda Nacional em Bagé, Chefe-Substituto da Divisão da Dívida Ativa da União 4ª Região, Consultor da Procuradoria Federal Especializada INSS (Advocacia Geral da União) em Novo Hamburgo. Na carreira docente atuou como Professor Assistente da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) aprovado em concurso público para o Departamento de Direito Público, também atuou como Professor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Centro Universitário Franciscano (UNIFRA), Faculdade Dom Alberto (FDA), Faculdade de Natal (FAL) e em diversos cursos de Pós-graduação, preparatórios para Concursos e exames de OAB.
Raul Moreira Neto
Médico com especialização em ultrassonografia geral e obstétrica, formado pela UFRGS em 1997. Diretor clínico da Ecomoinhos, Clínica de Ecografia e Medicina Fetal, em Porto Alegre. Diretor Científico da Associação Gaúcha de Ultrassonografia (ARGUS). Autor de outros livros, entre eles “Atlas de Ultrassonografia “(editora Revinter), “Sabedoria de Homens Realizados” (Editora Alcance) e “O Bebê - A Vida Antes de Nascer” (Razão Editora) . Pai da Giulia e do Lucas é casado com a Patrícia.
Remy Antonio Pacheco
Conhecido como Seu Pacheco, Tio Tenente e Professor, Remy Antonio Pacheco conquistou durante seus mais de 80 anos inúmeros amigos e admiradores. Com suas palavras, enriqueceu vidas. Oficial especialista em aeronaves, reformado há 40 anos, Remy Antonio Pacheco nasceu em 1927 na cidade de Taquara/RS. É casado há 60 anos e possui como frutos de seu matrimônio, quatro filhos, seis netos e uma bisneta. Foi batizado católico, mas possui plena convicção espiritualista e reencarnacionista. Acredita em infinitos mundos habitados, maiores, menores, melhores e piores do que o nosso. Para ele, a vida é muito mais do que vemos. Seguindo a máxima “toda ação gera uma reação”, crê que devemos refletir antes de decidirmos quanto ao rumo de nossa existência. Remy Antonio Pacheco já construiu casa, criou uma família e plantou árvore. Agora, edifica seu pensamento através desta pequena, mas rica obra.
Renato Domingos Laserra
Renato Domingos Laserra nasceu em Porto Alegre, em sete de fevereiro de 1975. É formado em Informática pela Ulbra (Universidade Luterana do Brasil). A Turma B - Jovens contra o Bullying, é o seu primeiro livro, tendo sido uma grande experiência o ato de escrevê-lo. Melhor ainda sabê-lo publicado. Apesar desta ser uma obra de ficção, praticamente todos os capítulos foram inspirados em fatos reais presenciados pelo autor. Renato Domingos Laserra igualmente escreve poemas, letras de músicas, contos e crônicas, desde adolescente. O conteúdo da presente obra mostra isso, com louvores. Seu estilo busca oferecer uma leitura leve e de fácil identificação com os personagens. Atualmente, o autor está escrevendo um livro de fantasia que deverá ser lançado em breve.
Renato Weber
Tenho 58 anos. Acho que nunca soube o que eu realmente queria, ou quero, da vida. Ingressei em diversas Universidades, estudei diversos idiomas e hoje faço Pós, em LIBRAS. Escrevi este segundo livro a pedido dos meus leitores. Espero que gostem e se divirtam. Tentei contar uma tragédia com arte de comédia, onde a realidade se confunde com a ficção. O livro deve ser lido lentamente, a fim de que me entendam: quando estou falando de animais, falo de homens. Ah, ao fim de tudo, a certeza: criei três filhos saudáveis.
Ricardo Almeida
O percurso de Ricardo Almeida por estes dias planetários nos mostra mais do que poemas bem construídos em sua precisa linguagem. Elabora o verso como esmerado pianista, para o qual cada milésimo simétrico mostra a perfeição musical, alimento da alma. Também na música Ricardo é reconhecido compositor, além de premiado prosador, ampliando seu talento a várias áreas criadoras. A Textura das Nascentes é bem a imagem de cada verso, cada estrofe, cada poema, todo um sentimento que nasce da sensibilidade do poeta, se esparge na página e chega ao coração do leitor. Vejamos a estrofe inaugural da obra: Quando olhas, iluminas, e na frágua azul esplêndida acendes tudo em torno. E, na última, o derradeiro dizer do homem-poeta: Aqui vou, nauta solitário feito estrela viajante natural do infinito, feito estrela pervagante que à órbita terrestre se desintegra, mas deixa um aceno de luz a quem, um dia, quiser lembrá-la e que impávida em seu curso de volta, retorna até o intangível azul. No mais, a alegria pela leitura de uma obra tão bem acabada. Convincente. Rossyr Berny - Editor
Ricardo José de Souza Almeida
Ricardo José de Souza Almeida nasceu em Sant'Ana do Livramento/RS, no dia primeiro de janeiro de 1962. É poeta, cantor, compositor e engenheiro civil, graduado pela UFRGS. A partir de 1991, passou a colaborar com textos literários para jornais. Foi premiado em diversos concursos de literatura. Em 1993, lançou seu primeiro livro de poesias, Trança de Passamanes, pela Editora Grafos.

Foi nascente e membro-fundador da Academia Santanense de Letras que, em 1995, teve o ato de sua fundação. Em 2003, lançou seu segundo livro de poesias, A Miragem e os Argos, pela Editora Movimento. Em 2005, lançou seu primeiro CD, AMORTOTAL, gravado no Estúdio Rastros. Em 2009, concluiu, com nota máxima, Pós-graduação em Literatura Brasileira pela UFRGS. Em 2010, lançou seu terceiro livro de poesias, Estação Hipnose, pela Editora Alcance, e seu segundo CD, Onírico e Real, também gravado no Estúdio Rastros. Em tempo recente, concluiu o livro Sonetos de Nuance Livre, lançado neste 2011pela Editora Alcance.

Conquistou duas Menções Honrosas no Prêmio Lila Ripoll de Poesia - edição 2011, da Assembleia Legislativa do Estado. Em 2012 lançará o livro de poesias A Textura das Nascentes. Está escrevendo a obra Quartetos a Sudoeste do Sul, com lançamento previsto para 2013. Tem o show Luzente montado para apresentações, com algumas já tendo sido realizadas. Já compôs mais de 250 melodias e colocou letra em mais de 60 delas. Como engenheiro civil exerce suas atividades profissionais na CORSAN, em Porto Alegre, onde reside.
Ricardo Lázaro da Silva
O autor desta obra – tenente-coronel do Exército Nacional, reformado –, nasceu em 2 de agosto de 1934, em Camaquã, RS. Desde cedo se dedicou à leitura de livros de aventura e romances históricos, sendo os autores preferidos, à época: Karl May, Alexandre Dumas, Fenimore Cooper, Maurice Druon, Walter Scott, Edgar Rice Burroughs, Daniel Defoe. Cursou a Escola Preparatória de Porto Alegre (EPPA) nos anos de 1950 a 1952. A seguir ingressou na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), Resende, Rio de Janeiro. Iniciou sua carreira no Batalhão de Engenharia de Construção, no Nordeste. Em 1970, integrou os órgãos de administração do Exército, no Quartel General do Rio de Janeiro e Brasília. Trabalhou nas Diretorias de Pessoal, de Movimentação e de Processamento de Dados (Sudeste e Centro Oeste). Fez cursos de especialização em Administração Pública no Centro de estudos de Pessoal (CEP), Rio de Janeiro, e no Centro Universitário de Brasília (CEUB).
Ricardo Mörschbächer
Ricardo Mörschbächer é médico oftalmologista e fez esta tese de Mestrado no Parque Indígena do Xingu pela Escola Paulista de Medicina/UNIFESP, instituição que vem colaborando na assitência à saúde da população xinguana de forma ininterrupta e sistemática há mais de quarenta anos. Esta tese foi um dos primeiros relatos da prevalência de tracoma entre índios brasileiros. Atualmente sabe-se que esta doença é extre-mamente comum entre as populações indígenas de nosso país. Esta obra tem servido de referência para outros trabalhos nesta mesma área.
Rodrigues Poeta
Rodrigues Poeta nasceu José Ricardo Rodrigues Duarte em Porto Alegre, em 1974. É filho de João Carlos Mires Duarte e Iara Salete Rodrigues Duarte, tendo os irmãos André, Elaine, Rafael, Tiago, Jéssica e Andréia, já falecida. Tornou-se encantado pela arte literária ao conhecer – na época do serviço militar – o poema Minha namorada, de Vinícius de Moraes. Desde aquela época tem reunido muitos poemas – mas preferiu lançar-se primeiramente no mundo literário com o belo livro infantil “Vida e seus amigos - O valor da Amizade”, um exemplo de vida solidária dos animais que pode ser copiado por todos.
Rodrigues Poeta
Rodrigues Poeta nasceu José Ricardo Rodrigues Duarte em Porto Alegre, em 1974. É filho de João Carlos Mires Duarte e Iara Salete Rodrigues Duarte, tendo os irmãos André, Elaine, Rafael, Tiago, Jéssica e Andréia, já falecida. Tornou-se encantado pela arte literária ao conhecer – na época do serviço militar – o poema Minha namorada, de Vinícius de Moraes. Seu livro inaugural Vida e seus Amigos - O valor da amizade teve merecida aceitação, esgotando logo a tiragem. A obra recebeu merecidos destaques na Feira de Porto Alegre, quando de seu lançamento, e, igualmente, participou das Bienais de São Paulo e Rio de Janeiro. Por isso tudo a continuidade da obra com Vida e seus Amigos - O resgate do Rei.
Rosaria Gomes
Rosária Gomes nasceu em Riozinho-RS, em 1977 e, ainda com poucos meses, sua família mudou-se para Sapiranga; mais tarde para Rolante, cidade onde cresceu, vive e trabalha. Formou-se em Pedagogia pela ULBRA e Pós-Graduou-se pela FURG. Atua como Professora há treze anos. É uma eterna apaixonada pela escrita, seja em prosa ou verso. Enfim, apreciadora da boa arte. Escreve desde 2009, fascinada por esse mundo encantado. Sua inspiração vem do divino e de tudo o que a cerca. É rodeada por situações que a motivam a escrever: sobre a beleza ou a falta dela. Tudo isso está neste seu primeiro livro: Vozes caladas. Mas que falam muito de tudo e de todas as circunstâncias.
Rossyr Berny
Jornalista, editor e diretor da Editora Alcance, escritor com mais de 18 obras publicadas.
Rossyr Berny
Rossyr Berny nasceu Adão Rossir Berny de Oliveira, em 30 de agosto de 1952 – mês de desgosto e de cachorro louco, como dizia-se na época, em São Gabriel/RS. É o nono de uma penca de dezenove filhos, muitos nascidos na pequena casa junto ao rio Vacacaí, seguidamente expulsos pelas repentinas enchentes. O Adão de seu nome deve-se ao fato de sua mãe, antes do seu nascimento, ter perdido cinco filhos em sequência. Todos morriam antes de completarem o primeiro ano de idade. Muito religiosa fez a promessa de que – e o próximo rebento sobrevivesse ao primeiro ano, chamaria Eva, caso fosse mulher. Nasceu o menino que rompeu a sequência de mortes. Dona Maria e seu Ervandil nunca mais perderam filhos naquelas tristes circunstâncias. Sem o sustento do leite materno pela doença da mãe – que anos depois se submeteria a uma mastectomia total de um seio – foi alimentado por cinco mães de leite, que se revezavam nos momentos vagos de suas labutas. Adoentado só foi registrado aos nove anos de idade, quando então cumpriu-se a promessa da sobrevivência. Vive em Porto Alegre desde 1973, onde formou-se em Jornalismo, sendo Mestre em Teoria da Literatura, ambos pela PUC-RS; e professor pela Faculdade de Formação de Professores, na São Judas Tadeu. De 1976 a 2014, com Volta ao mundo em 500 poemas - 40 anos de estrada, soma 20 obras publicadas nos campos da poesia, biografia e romance. Em 1974 publica seu primeiro texto, inaugurando sua estrada literária. Traduziu cinco livros do Espanhol para o Português, obras de Carlos Higgie, Nélida Marina Manfrú e Rubinstein Moreira. Igualmente foi traduzido na Argentina, por Perpétua Flores; no Paraguai, por Victor Casartelli e, no Uruguai, por Rubinstein Moreira. Em 1985 fundou a Editora Alcance, uma das que mais pública no Rio Grande do Sul e a que mais publica Poesia no Brasil. Editora e Diretor têm recebido importantes Prêmios nacionais e estrangeiros, como o Jabuti, São Paulo; Carlos Drummond de Andrade, Minas Gerais; Prêmio Raíces, Argentina; Carlos Sabat Ercasty , Uruguai, entre muitos outros. É pai do Rossano, Schariza e Dênis; e avô de Eduarda, Fernanda, Leonardo, Pedro e Catarine. Ah, do desgosto do mês de agosto fez-se o gosto pela resistência solidária e amorosa ao longo de sua vida; e do cachorro louco construiu o grito lúcido contra as desigualdades sociais.
Rozemberg Witz
Filho renegado da Pátria mãe gentil, resolveu, assim como milhares, observar de perto os valores do Tio Sam. Não se decepcionou, pois constatou que, de fato, a América é o mundo das nações. Plenamente adaptado à vida americana, Rozemberg Witz deixa o mundo das carpintarias dramatúrgicas – antes vivido nos agitados corredores criativos da Rede Manchete de Televisão, nos bons tempos do Adolpho Bloch – para recomeçar tudo. Ressurgindo das cinzas dos fracassos de um tempo que passou, mergulha de corpo e alma no único relacionamento que, de fato, considera fiel: o do homem com as letras. E utiliza essas letras para expressar seus sen-timentos, encarnando-os nos diversos personagens que vagam nas ficções bem desenhadas pela literatura. Atualmente, vivendo no sul da Flórida, se dá ao trabalho secular, com o único intuito de custear as madrugadas não dormidas, onde constrói o mundo de seus personagens. Hoje, vivendo no Estado onde o Sol sempre brilha e inteiramente envolvido nas escritas, Rozemberg Witz dedica-se atualmente à criação de sua nova ficção: O pirata de Key West.
Ruy Vilanova Torres
Ruy Vilanova Torres nasceu em Cacequi, no RS, é filho de Baromeu Torres e de Eva Vilanova Torres. Ingressou no Exército Brasileiro na cidade de Sant'Ana do Livramento, no RS, no então 7° Regimento de Cavalaria, hoje 7° R. C. Mec. Sua história com cavalos vem de longa data. Sua maior recompensa é poder manter-se atua-lizado nessa paixão que é a arte equestre. Oriundo da cavalaria, Torres continua aprimorando seu apren-dizado, pesquisando muito sobre os cavalos. No desejo de transmitir tais ensinamentos aos seus leitores, anseia que seus livros sirvam como base teórica para montar. Aos instrutores e aos grandes mestres da arte de montar, garante o seu respeito e a sua admiração, pois com muitos teve a opor-tunidade de aprender e de enri-quecer seus conhecimentos. Além das obras Cavaleiro & Cavalo na Equitação (1997, 1999 e 2008), Cavaleiro e Cavalo na Arte de Montar (2001) e Cavaleiro: A Arte de Montar (2005), Ruy Vilanova Torres traz a público este seu comemorado novo livro. Sua intenção? Procurar levar sempre às fronteiras de nosso tradicionalismo conhecimentos e noções básicas às amazonas e aos cavaleiros que se iniciam na arte de montar.
 
 
 

 
Editora Alcance LTDA Fones         Facebook
Rua Bororó, 5 - Vila Assunção Claro: (51) 99103 - 3566 Flickr
Porto Alegre - RS OI: (51) 98537-0000 Formspring me
CEP: 91900-540 Tim: (51) 98233-7038 Nova rede social em breve
E-mail: rossyr@editoraalcance.com.br Vivo: (51) 99669-0908 Twitter
  (51) 98535-3970 whatsapp You Tube
     
Área Restrita    E-mail Suporte T.I Alcance