INÍCIO INSTITUCIONAL ROSSYR BERNY DÚVIDAS FREQUENTES CONTATO
   início
 
 
WhatsApp: 51-985.353.970 - Oi
51-985.370.000 - Oi
51-998.237.038 - Tim
51-996.690.908 - Vivo
51-991.033.566 - Claro
 
 
 
 
Autores
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Odone Antônio Silveira Neves
Odone Antônio Silveira Neves é natural de Porto Alegre/RS, graduado em Letras Português/Francês e respectivas literaturas. Especialização em Língua Portuguesa pela UFRGS. Mestre em Teoria da Literatura (Erico Verissimo) na PUCRS. Cursou Oficina de Criação Literária em Poesia, com o Prof. Charles Kiefer. Estágio de Língua e cultura francesas na Université Stendhal de Grenoble, França. Estágio no Centro Áudio Visual de Língua Moderna - VICHY, França. Foi professor de Por-tuguês na Faculdade Porto Alegrense de Educação, Ciências e Letras e de Francês na Feevale, Novo Hamburgo/RS. Assessor Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre. Membro da Diretoria da Casa do Poeta rio-grandense, Acadêmico titular da Academia de Artes, Ciências e Letras Castro Alves. Foi Professor de Português e Francês nos colégios estaduais Júlio de Castilhos, Costa e Silva e em escolas municipais de Porto Alegre. Atualmente leciona na Escola de Ensino Médio Emilio Meyer, nos cursos Normal e Médio. Tem participado de inúmeras atividades Acadêmicas relacio-nadas à sua área como cursos, palestras, seminários e congressos.
Olinto Vargas
Filho de José Silveira de Vargas e de Adelaide Gonçalves Garcia de Vargas, nasceu em Pesqueiro, 1º Distrito de Montenegro, em 17/01/1924. Casou com Eny Jorgina (falecida), e tiveram quatro filhos: Dalva Maria e Delma Teresinha (falecida), Walmor José e Rogério João. É avô de: Mário Marcelo, Altamir Júnior, Felipe, Camila, André, João Marcos (falecido), Lucas José, Mateus, Israel Francisco e Bruna e mais uma neta adotiva, Cátia Simone. Foi agricultor, marinheiro, militar, lenhador, oleiro, cobrador de ônibus, carpinteiro e mestre-de-obras. Seu gosto pela poesia iniciou na infância, ao ler Antônio Chimango, de Amaro Juvenal. Já adulto inspirou-se em Lauro Rodrigues, Invernada Vazia, e, mais recentemente, em Jayme Caetano Braum, nas Pajadas. Em 1979 escreveu seu primeiro poema: “Um Assalto na Praça”, soneto que consta em Na Aurora de Um Novo Tempo, sua Segunda obra publicada. Após vieram: Desbravando Horizontes e Pelos Caminhos do Tempo. Agora publica Madrugadas de Sonhos. Desde 2011 escreve para o Jornal Líder do Vale, de Sapucaia do Sul.
Onélio Dias de Moraes
Administrador de Empresas. Consultor na Área da Saúde. Pós-Graduação em Administração Hospitalar. Tem cursos de especialização em Materiais, Compras, Vendas e Marketing. Experiência de 41 anos na Administração Hospitalar. Desenvolveu trabalhos de consultoria e treinamento em 65 hospitais e serviços de saúde nos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Atuou por diversos anos na Administração de Vendas e Compras nos Hospitais Moinhos de Ventos e na Fundação Universitária de Cardiologia. Publicou, em parceira com Índio Cândido e Elenara Vieira de Vieira, o livro Hotelaria Hospitalar - Um novo conceito no atendimento ao cliente da saúde EDUCS -Editora da Universidária de Caxias do Sul. Atuou como Professor na disciplina de Administração de Materiais no IAHCS - Instituto de Administração Hospitalar e Ciências da Saúde. Visite o site www.vendasnasaude.com.br
Organizadoras: Lilian Zieger Joanne Maluf Maura Helena Gomes Rosane Zimmer Tâmara Canabarro
Desde o final da década passada, os supervisores educacionais do Brasil lutam pela regulamentação da sua profissão. O PLC 132/2005 chegou a ser aprovado em todas as Comissões na Câmara de Deputados e no Senado Federal em Brasília. A tão esperada festa da comemoração estava organizada, quando a supervisora Lilian Zieger, então presidente da ASSERS, recebeu a notícia do veto do Exmo. Sr. Presidente da República à lei.
A decepção de todos os supervisores brasileiros foi muito grande! Depois de quase dez anos de caminhada e tantos debates em Brasília (sem pronunciamentos contrários ao projeto de lei, pelos órgãos governamentais), o veto presidencial consistiu numa surpresa para todos, inclusive deputados e senadores que relataram e votaram a favor da regulamentação da profissão.
Apesar de toda a situação ser, em parte, preocupante, a busca pela valorização e reconhecimento da profissão vai continuar. Escola sem supervisor educacional é barco sem rumo!
Orli Costa
Orli Costa nasceu em 1945, em Jaguarão, Rio Grande do Sul e reside em Porto Alegre desde 1971. É militar aposentado, tendo prestado serviços ao Exército Brasileiro durante 28 anos. Cursou Desenho Artístico e Publicitário na antiga END (Escola Nacional de Desenho), de Porto Alegre. É fotógrafo e cinegrafista, havendo trabalhado na área durante 20 anos. Frequentou Oficinas de Contos ministradas por Alcy Cheuiche e por Luiz Augusto Fischer, sobre Simões Lopes Neto e a Gauchesca. Tem como parâmetro inicial de sua criação literária os mestres Josué Guimarães e Luiz Antonio de Assis Brasil, mas já há bastante tempo tem buscado sua própria identidade criadora. Em 2008 publicou seu primeiro livro, o romance-histórico, chamado Entre o ódio e a paixão – Revelações. A presente publicação é seu primeiro livro de contos. Orli Costa é um grande contador de histórias. E aí vai um grande elogio, pois o imorredouro Erico Verissimo também assim gostava de ser identificado. Os dois têm em comum o domínio da palavra. Mais, da criatividade literária. Pois neste seu segundo livro publicado aprimora e amplia as qualidades anteriores apresentadas em Entre o ódio e a paixão - Revelações, de 2008. A caminhar longe se começa por caminhar perto, e a escrever bem se aprende pelo exercício contínuo, desde que o escritor, a exemplo de Orli Costa, seja um predestinado das letras. O autor tematiza sobre os chamados “Irmãozinhos fuzilados,” histórias terríveis; e sobre teu detetive para lá de folgado, arriscando o pelo, mas tudo muito bem narrado e com uma maneira especial de contar as histórias todas. Tens um talento raro de nos carregar com tua narrativa. O Sátiro e a ninfeta, nos alerta que somos todos mortais. E pecadores, por cima. Mas pecados naturais, humanos, e bons, ora! Bem, então Fumando Espero... mas espero que demore o fim do livro, por que todo seu desenrolar é uma magia só. E o melhor, nem precisa se ser gente da fronteira para nos sentirmos em casa nessa leitura. Que coisa! Por fim, Crime na esquila até música nos traz à mente: “Quando é tempo de tosquia já clareia o dia...), um luxo esse teu conto. Bem a propósito vem a encerrar o livro. Curiosamente, parece não haver nada parecido ou algo que ligue tua literatura aos Cem anos de solidão do grande Gabriel Garcia Marquez, mas que o livro dele e o teu tem pontos de contato, a tem. E esse é o maior elogio que posso fazer ao escritor e amigo Orli. Sem favor nenhum. Olha, nada ficas a dever a grandes nomes de nossa literatura gaucha e gauchesca.
Oscar Bessi Filho
Oscar Bessi Filho nasceu em Porto Alegre, em 1970, mas reside em Montenegro. Publicou vários livros, entre eles "O Outro lado do Caleidoscópio" e "Um Caminho no Meio das Pedras". É colunista dos jornais Correio do Povo, Ibiá e Folha de São Borja. Prêmio Augusto Meyer de Poesia (1998) e Troféu Palavra de Autor no Habitasul Revelação Literária (2005). Patrono da Feira do Livro de São Sebastião do Caí em 2011 e de várias feiras escolares pelo Brasil, em 2014 recebeu a condecoração Mérito Caiense, do Prefeito Darci Lauermann e, pelo voto popular, o Prêmio Profissional do Ano, categoria Escritor, do Jornal Ibiá em Montenegro. Militante de causas sociais e da luta contra as drogas e a violência, ingressou na Brigada Militar em fevereiro de 1990, servindo em Porto Alegre, Alvorada, Canoas, Estrela, Montenegro e Caí. Foi vice-presidente (2008/09) e Diretor de Comunicação (2012/13/14/15) da Associação Gaúcha de Escritores (AGES). Ocupa a cadeira nº 13 da Academia Montenegrina de Letras (AML).
Ozilia da Silva Bonatto
Ozilia da Silva Bonatto nasceu em 2 de maio de 1961, no município de Caiçara, Distrito Ipuaçú, linha Pescoço, Interior do Rio Grande do Sul. Seu livro, seu sonho, escreve em letras palito, coloridos com desenhos e fotos. Afora seus empreendimentos literários, a escritora possui outros voos a alçar, com o ela mesmo explica: Tenho teses, projetos de leis onde pretendo fazer um movimento a nível mundial e lançar a ideia de uma invenção fantástica que, no momento não devo comentar, mas, uma vez desenvolvido, será de impacto mundial.
 
 
 

 
Editora Alcance LTDA Fones         Facebook
Rua Bororó, 5 - Vila Assunção Claro: (51) 99103 - 3566 Flickr
Porto Alegre - RS OI: (51) 98537-0000 Formspring me
CEP: 91900-540 Tim: (51) 98233-7038 Nova rede social em breve
E-mail: rossyr@editoraalcance.com.br Vivo: (51) 99669-0908 Twitter
  (51) 98535-3970 whatsapp You Tube
     
Área Restrita    E-mail Suporte T.I Alcance